segunda-feira, maio 08, 2006

O que é um blog?

Weblog, blog, bitácora

Blog é uma abreviação das palavras inglesas web (rede) e log (diário de bordo onde os navegadores registavam os eventos das viagens). Ou seja, espaços na web onde os usuários podem fazer seus diários. Claro que existem muitas variações a isto...
É um tipo de página de internet, hospedadas em servidores ou hospedeiros gratuitos ou não. Caracterizam-se por entradas ordenadas cronologicamente, onde aparece primeiro o mais recente, os mais antigos vão caindo na seqüência para o final da página até que saem da página principal e são guardados em um arquivo ordenado por mês/ano.
A maioria dos softwares que confeccionam os blogs separam a apresentação e o conteúdo, oferecendo templates (...) prontos que, na maioria das vezes, podem ser alterados substancialmente.
Esta separação, onde o template pode vir junto, possibilita que um usuário sem conhecimentos de Html(... não é linguagem de programação) ou outras linguagens de programação, confeccionem um blog e o utilizem muito facilmente. Isto acaba sendo bem mais simples e rápido do que criar e manter uma página em outro formato.
Outra característica é o dinamismo.
Como teoricamente qualquer indivíduo com conceitos mínimos de internet e vontade de escrita, consegue criar seu blog, é crescente o número de autores, que podem postar rapidamente, acelerando o fluxo de informações.
Como conseqüência, temos a descentralização da produção de informações, onde o usuário “comum” deixa de apenas consumir informações que venham prontas e passa a produzir e complementar conteúdos.
Isto tudo pode acontecer de uma forma bastante dinâmica, refletindo em diversas áreas do conhecimento, como o jornalismo, a educação, a produção e disseminação da ciência.
Os conteúdos, por sua vez, são produzidos por diversos sítios, complementando-se, acrescentando, alterando, confrontando informações. Uma das características mais interessantes dos blogs é a capacidade de interatividade: geralmente cada post (...) pode ser comentado e indicado a outras pessoas. Isto potencializa a torça de informações, o diálogo, o confronto de idéias, a reconstrução.
Além disso, existem vários serviços de indexação (feed rss) e busca de blogs (blog search, weblogs.com, technorati.com, bitacoras.com/net ...) que possibilitam linkar blogs e outros sítios da internet, acelerando ainda mais os fluxos em caminhos já traçados, bem como traçar um itinerário entre blogs que são de interesse, agregando pessoas em comunidades.
COMUNIDADES!!!
Evolução
Semelhantemente aos blogs, existem os fotologs, videologs...
Plasticidade
A cada dia são criadas novas ferramentas
Como existe a liberdade de o usuário alterar o template, ele pode agregar scripts(...) de outras ferramentas (...)
Existem diferentes estilos de blogs.
Informativos
Empresas/currículos
Jornalismo – blogs atualizados por celular (interface remota)
 New York Times
 TIME Magazine
 El Mundo (de pago)
 La Vanguardia
 BBC News
 Blah
Comunitários/grupais
Literatura
Política
Diários Pessoais


Fenômeno Social

A proliferação de servidores/hospedeiro gratuitos, a facilidade e rapidez de criar e manter um blog, mesmo sem conhecimentos técnicos, fez com que o número de blogs crescesse vertiginosamente, difundindo-se por todas as áreas do conhecimento.
Isto, agregado com as outras possibilidades dos blogs, tornou este um fenômeno social. A blogosfera, assim como é chamado o conjunto de blogs, vai agregando diversas esferas, que se “enroscam”, se ligam com toda a força e efemeridade da internet, construindo assim uma rede nada esférica, que agrega toda forma de expressão, todo objetivo, toda forma de ver o mundo.
Claro que estas formas de expressão, como em todo espaço social, passa pelo reconhecimento, agrado, repúdio, ou mesmo indiferença, dos outros elementos deste espaço, sendo que os elementos não são “pertencentes” ao espaço, mas com um pertencimento maior ou menor, neste espaço de tempo.
Vemos que, muitas vezes, há um certo sincretismo/sincronia entre os elementos que estão nesta comunidade: um post pode ter repercussões rápidas por boa parte da blogosfera, moldando outros posts, como um efeito borboleta (...)
Isto, muitas vezes, causa um grande impacto social. Podemos citar como exemplo disso a situação política de Portugal em 2004/2005, a divulgação de imagens terroristas no Iraque...
Este fenômeno anda junto de muitos outros, como o desenvolvimento e popularização de muitas tecnologias de comunicação e digitalização.
Ao mesmo tempo que os blogs criam uma “necessidade” de postar informações documentadas, ilustradas, com pontos de vista dos acontecimento, ao mesmo tempo temos o grande boom dos telefones celulares com máquina fotográfica digital, o desenvolvimento e barateamento das máquinas digitais, a miniaturização das mesmas. Na mesma época que são desenvolvidas técnicas de posts por voz nos blogs, temos uma grande adesão aos protocolos de voz por internet (ivoip) e o boom na venda de tocadores/gravadores de mp3 portátil.

Tanto os enlaces/relacionamentos como a agregação de ferramentas/tecnologias, vai do interesse e necessidades do autor do blog, o que muitas vezes é motivado pelo desenvolvimento social, que por vezes se relaciona com a internet, mas que também passa por vários movimentos fora dela (... explorado melhor no cap x comunidades).
Pode-se dizer que os blogs contribuem de alguma forma para um novo tipo de conversação global...

_____

- a importância, para a prática docente, da escrita, da reflexão, do registro
- da navegação solitária para territórios povoados e colaborativos: blogs para uma outra educação: interatividade, saberes rizomáticos, projetos colaborativos
- exemplos
- dicas
- registro no blog
. síntese e reflexão
. o que poderia ser feito

10 comentários:

peciscas disse...

É isso mesmo colega Adriane.
Parece que, diariamente, são criados mais de 70 mil novos blogs. É obra!
Nesse número espantoso, estou convencido de que os professores já ocupam uma parte com algum significado.
Mas, se calhar,a classe ainda não acordou a sério para as potencialidades desta ferramenta educativa. Embora já conheça vários colegas que por aqui andam e alguns exemplos de blogs que foram criados com alunos em escolas.

Christiano Cruz disse...

Espetacular o seu texto.
Estou navegando por esta intrincada rede de blogs (novidade para mim) e foi um prazer encontrar um texto tão plástico (se me permite o uso de tuas palavras), com muita fluidez de pensamento.

Parabéns !

Anônimo disse...

Vc não citou a fonte de onde retirou o texto, o que é muito feio para uma blogueira...
Já que está falando de como utilizar um blog do ponto de vista educacional...
http://www.vivenciapedagogica.com.br/

GABRIELE disse...

Oi professora !



Meu nome é Gabriele Fernandes, sou aluna da Universidade Estácio de Sá, em São Gonçalo, Rio de Janeiro. Estou escrevendo porque faço faculdade de Letras, estou no 5º período, e pretendo fazer minha monografia com o tema:a importância do blog como instrumento pedagógico. Como seu blog é referencia tomei a libredade de pedir ajuda rsrsrs

Gostaria muito de poder contar com seu apoio, adorei o blog e acredito que com o avanço da tecnologia o blog é um ótimo instrumento pedagógico.

Como surgiu a idéia de criar o blog?

Como foi a reação dos alunos?

Qual a verdadeira importância do blog na sala de aula?

Ouve algum crescimento em relação as atividades dos alunos? Eles passaram a escrever mais por causa do blog?

Se aumentou foi em quantidade e/ou qualidade?



Obrigada desde já pela atenção!



Abraços !



Gabriele Fernandes

Vamos blogar disse...

Olá
Gostei muito do seu Blog. Realmente as possibilidades pedagógicas trazidas através dessa ferramenta é algo que revoluciona o aprender e ensinar pois resgata habilidades e desenvolve outras que a escola tem pouco se adequado para esse trabalho de forma mais dinâmica como: a escrita, a autoria e interpretação, socialização de trabalhos e textos, a troca de informação e experiências, a expressividade, a subjetividade. Também comecei a trabalhar com meus alunos de Pedagogia nas aulas de Informática Aplicada a Educação e está sendo um trabalho bem dinâmico. Visite: http://tricotandocomasletras.blogspot.com
Lá estão os links para os blogs dos alunos.

Suzana Gutierrez disse...

Oi Adriane
Aí vei uma contribuição:
Na realidade o verbo to log, abrasileirado para "logar" quer dizer registrar, gravar e é como os primeiros internautas se referiam ao ato de registrar as suas andanças na rede. Isso incluia desde registrar os links e adicionar comentários, até gravar chats (no IRC, o log de um canal ou pvt é um arquivo de texto contendo tudo que foi digitado no chat)
Note-se que isto tudo era feito 'na mão' em páginas simples, remontando, assim, a origem do blog à primeira página na web.
A Educação foi mais lenta que a Comunicação em perceber as possibilidades do blog. Quando comecei a pesquisar o assunto no mestrado, em 2002, havia pouquíssimos blogs de professores ou projetos educacionais no Brasil. Mesmo em 2003, qdo defendi o projeto da dissertação, eles eram poucos. No meu entender, o 'boom' (e nem tão boom foi :)) educacional se deu entre 2004 e 2005. Ainda vamos ver muita coisa neste tema...

Adriane disse...

o texto é de minha autoria...

Anônimo disse...

best regards, nice info »

Anônimo disse...

best regards, nice info » » »

Anônimo disse...

That's a great story. Waiting for more. film editing schools