domingo, outubro 08, 2006

Reflexão docente em blogs: aspectos e possibilidades

A reflexão entre professores em ambientes web, mais especificamente em blogs, foi o tema que balizou esta investigação qualitativa, que visa analisar o uso de diários eletrônicos como meio para promover a reflexão partilhada sobre a prática, buscando identificar as formas de ocorrência, as implicações com a rede web e as repercussões na prática docente. Foram utilizados, como instrumentos de coleta de dados: observação participante nos blogs, onde a autora deste trabalho torna-se também autora de blog e insere-se ativamente nas comunidades de professores-blogueiros; entrevistas por meio eletrônico; e análise documental, visando capturar as singularidades do objeto focado. Este percurso foi traçado com a participação de professores que mantêm blogs sobre sua prática docente, encontrando-se em diversas regiões do Brasil e fora dele. Abordou-se os diários como instrumento que, no exercício da escrita e do registro, subsidia a reflexão docente, atuando como guia para investigação dos problemas e conceções dos docentes comprometidos e dispostos a transformar a prática, onde destaca-se o acesso ao mundo pessoal do professor e as possibilidades de um desenvolvimento profissional constante. Os blogs constituem-se mais do que como um aparato técnico, mas como um fenômeno social, o que demandou uma análise mais aprofundada sobre as características e potencialidades deste espaço, sempre sob a ótica do contexto educativo. Esta inserção dos professores no ciberespaço direcionou o olhar para as singularidades das construções identitárias neste contexto, confrontando com as construções identitárias de professores, socialmente constituídas, na escola, no currículo, na sociedade. Estes sujeitos articulam-se em grupos que procuram colaborar para buscar soluções conjuntas à problemas comuns, formando redes rumo à aprendizagem cooperativa e à inteligência coletiva. Todos estes elementos terminam por indicar que existe um movimento de inquietação entre alguns professores, o que os leva a procurar no ciberespaço um ambiente fecundo para refletir com seus pares e buscar outras alternativas para construir novas educações.

3 comentários:

Lary disse...

Oi amiga,

Adorei o seu resumo... a minha unica duvida, foi sobre a questao que te falei no msn: qual a diferença entre o diario e blog??? Pois, depois de algumas leituras que eu fiz, pude compreender que o diario nao deixa de ser um blog. Ou estou enganada??

No mais, esta uma maravilha!

Beijinhos

Adriane disse...

larissa
diário, a princípio, é um registro periódico, e pronto.
alguns autores falam dos diários de professores, referindo-se aos registros que professores fazem sobre suas práticas pedagógicas.
os blogs são páginas com entradas datas, onde o usuário pode "postar" (o que não necessáriamente é escrever) o que bem lhe entender a fim de atingir o objetivo a que se propoem
alguns blogs atuam como diários. os que eu analisei acabavam atuando como diários de professores. É sobre este fenômeno, seus aspectos e possibilidades, que verso na dissertação.

muito obrigada por ajudar a revisar este resumo

abraços

Miguel disse...

Um blogue pode constituir um autêntico recurso educativo com grandes proveitos na sala de aula em prol dos alunos...