segunda-feira, setembro 03, 2007

Blog faz gostar +?

Esta semana um colega, novo na lista de discussão sobre blogs, ao se apresentar, disse que pretendia usar os blogs como ferramenta de avaliação, além de apresentar dados que dizem que estudantes que participam de cursos que tem blogs tem uma aversão menor à física, no final do cursos. Isso gerou reflexões interessantes:

Interessante, "blog como ferramenta de avaliação".
Como assim, quem posta um comentário interessante tem um ponto a mais na prova? ou você usa os posts como feedback dos alunos? você também usa o blog para avaliar sua prática?

Venho tentando utilizar os blogs na formação de professores de Ciências* e, por mais que se discuta sobre os objetivos e pressupostos do ensino de ciências, sobre o papel do professor e da avaliação, eles só fazem as atividades "sugeridas" se eu digo que faz parte da "avaliação" (subentendendo um pontinho ou algo que o valha). Ainda não encontrei um jeito (no meu encaminhanento e na proposta) de eles perceberem os blogs como um espaço de formação e construção coletiva. Então gostaria de saber: como vc notou que "estudantes que participam de cursos que tem blogs tem uma aversão menor à física, no final do cursos"?


*Uso (ou tento) os blogs nas disciplinas Ensino de Ciências, Projetos de Ensino de Ciências, para o curso de Ciências Naturais; além da Educação e Tecnologias Contemporâneas, para o curso de Pedagogia e Ciências, ambos da UFBA.

Um comentário:

Prof. Teresa disse...

Olá Adriane. De facto o blogue, como qualquer oura produção web pode ser usada em contexto avaliativo. Pode assumir-se como portefólio de aprendizagens, por exemplo. Os seus registos podem ser elementos de avaliação. Os comentário se um blogue colectivo podem ser objecto de avaliação por um professor (correcção linguística, pertinência, etc.). Há inúmeras potencialidades. Abordo o assunto no meu trabalho que pode seguir em http://umpercurso.blogspot.com.

Bom trabalho!