terça-feira, dezembro 28, 2010

espaços para criação e disponibilização de livros digitais

Notar demandas e buscar soluções é, ao mesmo tempo, um trabalho instigante e desafiador.
Um dia desses, um colega professor de Química, relatou-me o seu desejo de que seus alunos produzissem objetos de aprendizagem. Acho que não é o caso de padrões como Rived, Cesta ou Labvirt. Deveria ser uma coisa leve de ser feita, pois se tratavam de alunos que se aproximavam das tecnologias.
Histórias em quadrinhos nos pareceram boas alternativas, pois atingiam o objetivo (apropriação dos conteúdos), dentro das possibilidades, de uma forma que os cursistas (professores em formação inicial) também pudessem utilizar com seus alunos.
Mas ainda não estávamos confortáveis com o resultado. Depois de muito bater a cachola, optamos por trabalhar com os desenhos sim (digitais, feitos diretamente no computador, ou mesmo aqueles coloridos no papel e fotografados...), mas agrupados em videozinhos, utilizando o software livre OpenShot, um editor não linear que permite criar, com extrema facilidade, vídeos agregando fotos, áudios e pequenos vídeos, sendo que trabalha com a maior parte dos formatos e extensões. [em outra hora conto no que deu isso...]
E a história em quadrinhos, se perdeu? não...
Aí é que entra a ajudinha de alguns colegas da blogosfera. Em outro dia, a professora Marcilene explicitou uma dúvida que me mostrou algumas luzes para esta questão. A professora de Biologia da escola estava fazendo um catálogo de plantas e procurava um lugar para produzir e publicar um livro digital, de preferência agregado a um blog.
Eureca! a história em quadrinhos poderia virar livro!
será que dá certo?

bom, tomo a liberdade de sistematizar aqui as sugestões que os colegas blogueiros repassaram. Desde já agradeço a todos que contribuiram!
Estou experienciando um e outro e prometo trazer aqui o que tenho encontrado.

Wobook: http://www.wobook.com
A professora Fátima produziu alguns livros com alunos e professores de Língua Portuguesa: http://blogdopar.blogspot.com

Bookess. http://www.bookess.com/


Tikatok - http://beta.tikatok.net/
Ao realizar o cadastro gratuito no Tikatoki podemos apenas ler as histórias disponíveis no portal ou escrever nossas próprias histórias, armazenar ilustrações, utilizar as ilustrações oferecidas pelo site e publicar os trabalhos. Também é possível convidar e adicionar amigos ao nosso perfil, como num site de relacionamentos, sendo possível formar clubes (comunidades) de acordo com preferências e assuntos de interesse.

Zooburst - http://www.zooburst.com/
ZooBurst é uma ferramenta de narrativa digital que permite a qualquer pessoa criar facilmente seus próprios ou seus 3D pop-up livros.

Storyjumper - http://www.storyjumper.com/ - é um recurso para crianças elaborarem seus próprios livros. Com ele é possível a criar a capa, adicionar o texto, ilustrar a história usando desenhos e imagens feitas por elas ou as do clipart disponível na ferramenta. Depois de cadastrada, a criança deve escolher o tema de sua história - que, no final das contas, pouco vai importar porque é possível modificar todo ele! - e a partir do esboço do livro, se edita os textos, as imagens, tipos e cores das letras. Depois de prontos, é possível solicitar a impressão dos livros.

Storybird - http://storybird.com/ - possibilita a criação de histórias digitais. É possível ler as histórias publicadas. É um recurso super simples, basta fazer um cadastro e começar a criar. Há muitos temas disponíveis e uma imagem mais linda que a outra.

Issuu.com
O site Issuu.com permite criar livros/revistas virtuais a partir de qualquer documento em PDF (limitado em 100 MB/500 páginas)de forma rápida e intuitiva.

O http://www.ck12.org/flexr/ trabalha com a noção de Flex book, isso é, a
criação de livros flexíveis, permitindo que sejam agregados novos capítulos
posteriormente, ou que os interessados reúnam numa nova versão somente as
partes que vão atender ao seu grupo naquele projeto especificamente.
Isso demanda que quem constrói seu livro lá esteja disposto a adotar uma
licença que permita o compartilhamento e, de preferência, a reutilização
e/ou remixagem.
O Connexions http://cnx.org/ propõe um processo de produção de módulos de
conteúdo, a serem agregados posteriormente ou reagrupados de acordo com
outras lógicas de uso de cada curso.

Estes últimos me pareceram especialmente interessantes, pela proposta de licenças que permitem a remixagem e a reconstrução dos produtos.
Vou experimentar um pouquinho e prometo trazer novos passos destas inquietações!

3 comentários:

Melo disse...

A Plus (www.editoraplus.org) tem um projeto chamado "Faça um E-book na Escola".

Valdecy Alves disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Prof.: JOSÉ CARLOS disse...

Vim conhecer seu espaço e gostei muito! Muito seleto e diversificado. Parabéns. A educação é a base do ser humano para sua vida em sociedade e para uma vida feliz. Também sou educador e vejo que nossa base holística é o caminho mais ameno a seguir, repleto de aprendizados diários.
Obs: Também virei seu seguidor.
Prof. José Carlos
http://projetosead.blogspot.com/